"A essência do conhecimento consiste em aplicá-lo, uma vez possuído."
Confúcio

A Guerra do Iraque e os Capitães

O artigo publicado no passado dia 21 de Março de 2008, no International Herald Tribune, com o título "U.S. captains bear weight of Iraq strategy", retrata as dificuldades que as forças americanas, nomeadamente o Exército e os Marines, enfrentam relativamente à retenção de Capitães nas fileiras após quase seis anos de guerra no Iraque. Apesar de sua juventude, são oficiais altamente preparados, a maioria já com grande experiência de combate e reconhecidos pelas suas qualidades pelos iraquianos. No entanto, são cada vez mais aqueles que optam por abandonar a carreira militar, fruto não só das sucessivas rotações pelos TO, nomeadamente pelo Iraque e Afeganistão, como também devido ao mercado laboral americano que, tendo consciência das capacidades e da "bagagem" adquirida por estes militares, os abordam com irrecusáveis ofertas de emprego.
Para além do link para o artigo (em cima) mostramos também aqui um vídeo do mesmo autor que demonstra bem a importância do papel do Capitão na Guerra do Iraque.


Imprima esta mensagem

Sem comentários: