"A essência do conhecimento consiste em aplicá-lo, uma vez possuído."
Confúcio

A Guerra dos Seis Dias

Ariel Sharon (2º da direita) e outros Oficiais chegam a uma base militar israelita no Deserto do Neguev, 1 de Junho de 1967. Quatro dias depois lutavam na Guerra dos Seis Dias.A Guerra dos Seis Dias, também conhecida como a guerra israelo-árabe de1967 ou a Terceira Guerra Israelo-Árabe, foi travada entre Israel e os seus vizinhos árabes: Egipto, Jordânia e Síria. O Iraque, Arábia Saudita, Sudão, Tunísia, Argélia e Marrocos também contribuíram com tropas e armas para as forças árabes.
Em Maio 1967, o presidente do Egipto, General Gamal Abdel Nasser, expulsou a Força de Emergência das Nações Unidas (UNEF), estacionada na Península do Sinai desde 1957, e que garantia o cessar-fogo na sequência da invasão britânico-franco-israelita lançada durante a Crise do Suez. O Egipto colocou cerca de 1000 carros de combate e 100.000 homens na fronteira e fechou o Estreito de Tiran, vital para Israel, a todos os navios com bandeira israelita.

A 5 de Junho de 1967 Israel lança um forte ataque contra a Força Aérea Egípcia, destruindo praticamente todas as suas aeronaves no solo e inutilizando as pistas de aviação. Teve assim início a Guerra dos Seis Dias. A Jordânia, que tinha assinado recentemente um tratado de defesa mútua com o Egipto, atacou Jerusalém Ocidental e Netanya.

No final do conflito Israel saiu vitorioso, tendo ganho o controlo da Península do Sinai, Faixa de Gaza, Cisjordânia, Jerusalém Oriental e Montes Golã.

image

Para o estudo deste conflito, que mudou radicalmente o rosto do Médio Oriente e deu uma nova dimensão à questão da Palestina e às relações entre Israel e os seus vizinhos, aconselho a leitura do livro "Six Days of War: June 1967 and The Makings of the Modern Middle East", de Michael B. Oren. Do seu conteúdo destacam-se os seguintes capítulos:

- The Context: Arabs, Israelis, and the Great Powers, 1948 to 1966
- The Catalysts: Samu‘ to Sinai

- The Crisis: Two Weeks in May

- Countdown: May 31 to June 4

- The War: Day One, June 5

- Day Two, June 6

- Day Three, June 7
- Day Four, June 8
- Day Five, June 9

- Day Six, June 10

- Aftershocks: Tallies, Postmortems, and the Old/New Middle East

    O autor termina com um rico espólio de fotografias relacionadas com o conflito.




    "Michael Oren has taken a fresh and even-handed look at Israel's seminal Six Day War, utilizing recently declassified secret documents, interviews and painstaking research."

    Dr. Henry Kissinger

    ''Great wars in history,'' Michael B. Oren writes in this important chronicle of the Arab-Israeli war of 1967, ''invariably become great wars of history.'' The battles become intellectual battlefields: contested terrain over which historians wrestle, quarreling over the spoils of the past and the prospects for the future.

    Edward Rothstein, The New York Times

    Imprima esta mensagem

    Sem comentários: