"A essência do conhecimento consiste em aplicá-lo, uma vez possuído."
Confúcio

Unidade de Comando no Afeganistão

Unity of Command in Afghanistan O Strategic Studies Institute of the US Army War College disponibilizou no início de Novembro o livro “Unity of Command in Afghanistan: A Forsaken Principle of War”, da autoria do Coronel Ian Hope, instrutor no U.S. Army War College. Este livro põe em cima da mesa a tradicional importância da Unidade de Comando na doutrina e conduta americana, desde a I Guerra Mundial até aos nossos dias. O estudo analisa a separação sem precedentes deste principio quando, em 2006, o Combined Forces Command – Afghanistan passou o controlo do combate terrestre para a International Security Assistance Force (ISAF), e as operações ficaram atribuidas a diferentes comandos na dependência do U.S. Central Command, NATO e U.S. Special Operations Command. O autor alerta para que seja renovada a atenção para o principio da Unidade de Comando e recomenda que os Estados Unidos da América revertam a situação, alterando Unified Command Plan, investindo apenas um “Comandante Supremo” com a responsabilidade pela actual área de operações da Enduring Freedom.

Imprima esta mensagem

Sem comentários: